Filtro solar infantil só deve ser aplicado a partir dos seis meses de idade

É de cortar o coração imagem que tomou conta das redes sociais nesta última semana, mostrando um bebezinho australinano, de apenas 3 meses de idade, com a pele inchada e vermelha, por causa de uma reação alérgica ao filtro solar. Mas há um erro básico e muito preocupante nas notícias: o problema NÃO está no filtro, mas no seu uso em um bebê tão novinho.

Imagens do bebê australiano que sofreu a filtro solar têm circulado pelas redes sociais

Imagens do bebê que sofreu a filtro solar têm circulado pelas redes sociais. FOTO do site Yahoo.

Muitos portais de notícia falaram sobre o ocorrido, dando inclusive o nome da marca do produto utilizado. Mas praticamente nenhum canal de notícia buscou ouvir uma opinião especializada (de dermatologistas e de pediatras) a respeito do caso. Isso é lamentável, pois se perde aí a oportunidade de esclarecer e orientar muitos pais e responsáveis.

A reação que aconteceu na pele do bebê australiano poderia ser causada por qualquer marca de filtro solar, mesmo as específicas para crianças. Afinal, nesse caso, a questão critícia é a idade do bebê.

Até os SEIS MESES de idade, a pele humana está especialmente mais susceptível a alergias e irritações. Por isso, dos 0 aos seis meses NÃO se deve aplicar o filtro, bastando seguir as orientações do médico da criança em relação aos horários e tempo de exposição, com muita atenção também às medidas físicas de fotoproteção (evitar a exposição direta, usar de guarda-sol, chapéus, roupinhas com fator de proteção, etc.)

No primeiro ano de vida da criança, as consultas mensais ao pediatra servem tanto para acompanhar devidamente o desenvolvimento do bebê, quanto para orientar os pais sobre como agir ao longo desse período em que as mudanças acontecem muito rapidamente. Quando a criança apresenta na pele algum quadro diferenciado ou de difícil controle, o dermatologista também deve ser acionado.

TOME NOTA

– Até o 6º mês, a criança NÃO deve usar filtro solar. A exposição nessa fase deve ser feita por períodos curtos, por poucos minutos, sempre no horário de menor radiação (logo no início da manhã), conforme orientações do pediatra.

– A partir dos 6 meses o bebê já deve usar protetor solar. Converse com o pediatra ou dermatologista para saber qual o fator mais indicado.

– Mesmo usando filtro solar, a criança deve estar sempre protegida com chapéu e camiseta, além de ser mantida sob o guarda-sol ou à sombra o máximo de tempo possível.